Momentos da Cris

sábado, 16 de dezembro de 2006

Bolema


Este bolo é alentejano muito bom e grande, é também fácil de confeccionar, pode ser feito numa forma redonda com ou sem buraco ou num tabuleiro, com fiz desta vez, cortei-o aos quadrados e polvilhei com açucar como podemver na foto.







Ingredientes

  • 5 ovos(temperatura ambiente)
  • 3 chávenas chá de farinha peneirada
  • 3 chávenas chá de açucar
  • 1 chávena chá de leite(temperatura ambiente)
  • 1 chávena chá mal cheia de oleo
  • Canela a gosto
  • Açucar para polvilhar

Acendi o forno a 180ªC e untei um tabuleiro 25x35, com manteiga e polvilhei com farinha.
Numa taça bati com a batedeira os ovos inteiros com o açucar até ficar um creme fofo, juntei o oleo e misturei, juntei o leite e a canela(deitei 4 colh. sopa de canela, depende do gosto de cada um) voltei a bater com a batedeira, por fim envolvi a farinha com a vara de arames até ficar uma massa homogenea e voltei a bater com a batedeira na velocidade média até fazer bolhinhas. Deitei a massa no tabuleiro e levei ao forno + - 40 minutos ou até o bolo estar cozido. Depois de cozido deixei arrefecer e desenformei, cortei aos quadrados e polvilhei com açucar.

6 Comments:

Anonymous Romy said...

Já tinha ouvido falar nesse bolo mas nunca provei... tenho de experimentar fazê-lo um dia destes.

11:48 PM  
Anonymous Cláudia said...

Olá Cris

Já conheço as " bolemas ", mas normalmente conhecidas como boleimas à muitos anos, pelo que podemos estar a falar de coisas distintas.
As boleimas que eu conheço, são totalmente diferentes, são as Boleimas de Portalegre, que eu conheço devido aos meus tios terem uma pastelaria em Castelo de Vide e venderem/fazerem essas pequenas delicias. São quadrados feitos num tipo de massa e com um óptimo recheio. Encontrei este pequeno texto que as descreve:
" A Boleima de Portalegre é uma referência na doçaria desta cidade Alentejana. Feita por mãos que teimam em preparar e moldar massa de pão, que um dia alguém adocicou com açúcar e canela. Uma herança bem antiga com um sabor único e irresistível."
Dão é algum trabalho.
São realmente muito bons.
Uma receita a guardar no baú das memórias.

Beijos

Cláudia

3:19 PM  
Anonymous Cris said...

Cláudia, obrigada por visitar o meu blog, será sempre bem vinda.
Sobre a bolema ou boleima eu acho que são duas coisas distintas, esta bolema que fiz é também alentejana e a receita foi passada por uma tia do meu marido à mãe dele que por sua vez me passou a mim, mas boleima eu também conheço e faz sempre parte do meu pequeno almoço e lanche cada vez que vou passar uns dias ao alentejo pois em Cabeço de Vide(conhece?)fica perto de Portalegre e Castelo de Vide, também tenho um tio que tem uma padaria e tem sempre a Boleima com canela e açucar ou também com canela, açucar e maçã é realmente deliciosa!!!!

5:01 PM  
Blogger Patricia Scarpin said...

Cris, não conhecia esse bolo (nem o nome), mas como ele bem bastante canela já gostei. ;D

12:02 PM  
Anonymous Cláudia said...

Olá Cris.

Em primeiro lugar, BOM 2007.

Realmente não conhecia esse bolo, mas passa a fazer parte da minha lista também.

Quanto a Cabeço de Vide, conheço sim senhora. A verdade é que já não vou lá à uns bons anos, mas tenho muito boas recordações. Tem de me dizer o nome, para da próxima vez que for a Castelo de Vide dar um pulinho a Cabeço e espreitar essa padaria, pois sempre gostei de padarias.

Um beijo grande e boas receitas.

Cláudia

4:02 PM  
Anonymous Cris said...

Cláudia, a padaria do meu tio em Cabeço de Vide não tem nome, somente se chama Padaria, mas situa-se bem perto da entrada da vila de Cabeço de Vide, de quem vem do lado de Fronteira, a porta da padaria fica na esquina de uma casa bem perto da estrada... :)
Seria bem engraçado voçê entrar lá e dizer: Bom dia, venho da parte dos seus sobrinhos Zé e Cristina e quero levar alguns quadrados de Boleima!!!!:)
Bjs

12:12 PM  

Postar um comentário

<< Home

hits.